Piter Punk's HomePage - Artigos
 
English version
Acelerando o Boot no slackware

Piter PUNK

O sistema de inicialização do slackware é extremamente rápido. Mas, a medida que vêm sendo integradas novas funcionalidades, tem perdido um pouco da sua velocidade. Porém, com um pouquinho de jeito é possível acelerar o processo, editando apenas uns poucos arquivos.

1. Desabilitar os serviços desnecessários

Normalmente vários serviços de rede são iniciados no boot. E, estes serviços, vão tomando tempo a medida que são carregados. O ideal é desabilitar todos os que não serão usados.

Os scripts que iniciam os serviços estão no diretório /etc/rc.d e costumam ter um nome no estilo: rc.nome_do_serviço. Assim, para desabilitar o sendmail (por exemplo) deve-se fazer:

	# chmod -x /etc/rc.d/rc.sendmail

Se quiser habilitá-lo novamente, basta tornar o arquivo executável novamente:

	# chmod +x /etc/rc.d/rc.sendmail

1.1. rc.hotplug

Embora seja tentador, apenas desabilite o rc.hotplug se tiver plena certeza do que está fazendo. Ele é responsável por detectar e carregar vários módulos para o seu hardware. Ë graças a ele que os módulos para teclados e mouse USB, várias placas de som, rede, entre outros são carregados automaticamente.

Antes de desabilitá-lo, garanta que estes módulos estão sendo carregados no rc.modules ou em outro local que você ache mais apropriado. Caso contrário, sua máquina pode não funcionar perfeitamente.

Verifique quais módulos são carregados com o comando lsmod. A partir da saída dele é possível saber os módulos a serem adicionados no /etc/rc.d/rc.modules. Normalmente são os módulos de som, já que os módulos de rede costumam ser carregados pelo rc.netdevice. Mas, dependendo do seu hardware, outros conjuntos de módulos podem estar sendo carregados.

2. Editando o rc.M

Algumas tarefas são extremamente importantes, mas não necessitam ser realizadas em todo boot. Uma delas é a execução do ldconfig e outra é o fc-cache.

Em /etc/ld.so.cache, fica uma lista com a localização de todas as bibliotecas instaladas no sistema. É um arquivo muito importante, e deve ser atualizado sempre que forem atualizadas ou instaladas novas bibliotecas.

Se você for uma pessoa com boa memória, pode comentar a linha que atualiza este arquivo e atualizá-lo manualmente quando instalar uma nova biblioteca. As linhas a serem comentadas são:

	if [ -x /sbin/ldconfig ]; then
	  echo "Updating shared library links:  /sbin/ldconfig"
	  /sbin/ldconfig
	fi

Lembre que para comentar basta colocar um # na frente da linha. E, quando instalar uma nova biblioteca rode:

	# /sbin/ldconfig

Algumas pessoas, sabendo que não tem a memória muito boa, preferem simplesmente colocar o ldconfig para rodar em segundo plano, ao invés de comentá-lo no rc.M. Para fazer isso, basta colocar um & no final da linha que chama o ldconfig.

O mesmo raciocínio pode ser aplicado ao fc-cache, que necessita ser atualizado quando uma nova fonte é instalada. Você pode comentar as linhas que o carregam no rc.M, e executar o fc-cache manualmente toda vez que instalar uma nova fonte para o X.

3. Conclusão

E é isso. São passos simples que com certeza irão acelerar o boot da sua máquina. É possível fazer outras alterações para acelerar este boot ainda mais, como carregar os serviços em paralelo, mas isso fica como "dever de casa". Sugestões e críticas podem ser enviadas para [email protected]


Links Principal Artigos Piter Punk Dicas Programas
 
Powered by Slackware Linux - Written in VIm (the best one!) Last Update: 30 Oct 2004