Piter Punk's HomePage - Artigos
 
English version
Arrumando o Netscape 4.x

Piter PUNK

Durante muito tempo o navegador mais utilizado no mundo Linux foi o Netscape, este artigo foi feito pensando-se no Netscape 4.7 (e funciona em todos a série 4.x), em uma tentativa de melhorar um pouco a aparência dele.

1. Introdução

O resumo acima já diz quase tudo. Basicamente, vamos alterar o .Xresources (ou o .Xdefaults, a escolhas) e arrumar algumas configurações do navegador. Não fui eu que descobri estas configurações e nem a idéia deste artigo é original, boa parte delas você pode ler em um documento chamado "Netscape Deuglydification HOWTO" , ou algo do tipo...

2. Trabalhando no .Xresources

Quando se abre o Netscape temos uma primeira impressão maravilhosa... letras minúsculas, e quando tentamos aumentá-las elas se transformam em letras quadradas horríveis. Além disso, existe a irritante página de abertura.

Todos estes detalhes podem ser arrumados a partir do próprio Netscape. Existe um arquivo chamado Netscape.ad que, nas suas 7863 linhas (na versão 4.73), lista todos os códigos com seus comentários.

As alterações neste artigo devem ser feitas em um arquivo denominado .Xresources ou .Xdefaults no home dos usuários. Dica: Coloque no /etc/skel para que todos possam compartilhar dele -;)

Depois de editar o .Xresources ou o .Xdefaults (se você não possuir nem um nem o outro, crie um deles em seu $HOME), você deve ou sair e voltar do X, ou utilizar o comando xrdb [.Xresources ou .Xdefaults] para que os recursos sejam lidos.

2.1. A tela de abertura

Até agora não encontrei quem goste da tela de abertura do Netscape, nem qualquer utilidade para ela. Para excluí-la, adicione a seguinte linha:

	Netscape*noAboutSplash: true

2.2. Uma arrumada nas fontes

O X dispõe de várias dezenas de fontes, com vários tamanhos e resoluções diferentes. O padrão utiliza as fontes com resolução de 75dpi, estas fontes não possuem a mesma definição das de 100dpi. Com os seguintes comandos, forçamos o Netscape a utilizar as fontes de 100dpi, melhorando tanto o tamanho quanto a resolução das letras:

	Netscape*documentFonts.xResolution*iso-8859-1: 100
	Netscape*documentFonts.yResolution*iso-8859-1: 100

E não é só isso, os saltos entre as diversas alturas de fontes no Netscape são muito altos. Uma letra tamanho 2 é mais de 20% maior que a tamanho 1, e as letras pequenas (tamanho -1 ou -2) viram letras minúsculas! Com esta linha, fazemos com que o tamanho das letras sofra um acréscimo (ou decréscimo) de apenas 10%:

	Netscape*documentFonts.sizeIncrement: 10

As fontes do X não são escalonáveis, isso quer dizer que quando você escolhe um tamanho `` intermediário'' para a letra, não existe antialiasing, o que torna as letras quadradas. Isto você deve corrigir no próprio Netscape, no menu Edit -> Preferences -> Fonts, você deve desabilitar o Allow Font Scaling.

2.3. Ícones irritantes...

O autor do artigo original achou estes ícones irritantes, e eu concordo com ele. Além de irritantes são inúteis. São os seguintes ícones:

  • O cadeado;
  • Aquele em que ficam endereços selecionados pela Netscape;
  • Netscape Search, eu gosto de usar minhas próprias ferramentas de busca e;
  • O ícone de MyShopping, prefrio escolher eu mesmo as minhas lojas on-line.

Para apagar com estes ícones, é só acrescentar estas linhas ao seu .Xdefaults (ou .Xresources)

	Netscape*toolBar.viewSecurity.isEnabled: false
	Netscape*toolBar.destinations.isEnabled: false
	Netscape*toolBar.search.isEnabled: false
	Netscape*toolBar.myshopping.isEnabled: false

Se você gosta ou utiliza algum destes ícones, basta não colocar a linha correspondente no seu arquivo de configuração.

3. Trabalhando um pouco o preferences...

Além dos arquivos de recursos, pode-se conseguir bastante coisa trabalhando diretamente no menu Edit -> Preferences. A começar pelas fontes -;). Você pode editar o tamanho default da sua fonte e qual a fonte em si. Só lembre de não deixar o Allow Font Scaling habilitado.

Na parte de Colors, eu gosto de deixar o fundo da tela branco. Usar um Netscape cinza com as bordas cinzas e o fundo da tela cinza é no mínimo tedioso. É só mudar o Background.

Dentro de Edit -> Preferences -> Navigator, podemos colocar qual página irá ficar como sendo a página inicial. Eu costumo colocar a minha própria, existe a opção de ser uma página em branco ou a última página visitada.

Por fim, dentro de Edit -> Preferences -> Navigator -> Applications fica o mais interessante, aqui você pode selecionar tipos de arquivos e utilizar aplicativos `` exteriores'' ao Netscape para visualizá-los. Por exemplo, posso editar onde está Postscript Document e colocar como aplicação escolhida o gv, assim, toda vez que clicar em um documento Postscript, ele será automaticamente visualizado no GhostView.

Se você ficou curioso, clique em Postscript Document, selecione Edit e então preecha o campo Application com gv %s e salve. Você pode fazer isso com vários tipos de documento. Um destaque especial para o wvWare, que possibilita visualizar documentos do M$ Word direto dentro do Netscape.

4. Conclusão

Com um pouquinho de trabalho, é possível fazer do Netscape um browser agradável para se trabalhar... No caso das fontes, fica ainda melhor utilizando um servidor de fontes TrueType. Se você tiver qualquer sugestão para futuras versões deste artigo, ou dúvidas a respeito do mesmo, mande para: [email protected]


Links Principal Artigos Piter Punk Dicas Programas
 
Powered by Slackware Linux - Written in VIm (the best one!) Last Update: 30 Oct 2004